Notícias gerais e curiosidades!

Postado por Ana quarta-feira, 21 de abril de 2010

Ufa! Estamos quase chegando na atualização de tudo que se queria ^.^, um fim de semana movimentado que acabou em um feriado comendo tempo hehehe.

----------------
Como eu disse, ainda se tem notícias do Mundial Masculino em Cortina. Segundo o site da WCF,  Torger Nergård, que foi skip da Noruega na competição, por indicação dos atletas recebeu a comenda Collie Campbell Memorial Award. Esta comenda é dada pela World Curling Federation ao atleta ou membro da instituição que respeitou os princípios do curling e do fair play. Parabéns Torger, foi realmente merecido este título!

Grande Torger Nergård! (Foto: World Curling Federation)

Mas isso não significa que Nergård será o novo capitão da equipe. Thomas Urlsud está confirmado como capitão da equipe nas olimpíadas de inverno de Sochi 2014 pela comitê norueguês de curling. Inclusive a equipe foi vistá-lo no hospital após a conquista da medalha de prata.


-----------------
O próximo campeonato previsto é o Aberto Misto de Grupos da Bavária, em Oberstdorf (Alemanha) entre os dias 13 e 16 de maio. O evento tem um site oficial (em alemão). Neste, ao contrário do que ocorre na Rússia, as equipes são de dois homens e duas mulheres. Ou seja, juntando o da Rússia, os oficiais e este da Bavária, aprendemos bastante coisa, não? Então não é por falta de jogadores que um jogo não sai!

----------------

Nos campeonatos que ocorrem na Rússia, a maioria está aproveitando os jogos em módulos e aproveitam o clima de festividade. Os eventos vem ocorrendo em dias alternados, um dia para o misto e outro para o sênior. Nova Zelândia (azul), Estônia (vermelho) e Rússia (verde) lideram o campeonato misto de duplas, Canadá lidera o grupo feminino, e Canadá (azul), Austrália (vermelho) lideram o masculino sênior.

No site oficial e na WCF tem um pouco do clima do que está ocorrendo em fotos. Maycon testou o link do stream e não funcionou =/ Mas faltam algumas legendas nas fotos, a gente não conhece os times e assim fica mais difícil. Alô Rússia! hahaha...
 Quem disse que os vovos não aprontam? (Foto: Site oficial do evento)

---------------
Sobre o Grey Powers, além dos fatos resumidos anteriormente, muita coisa chamou a atenção no torneio, se faltaram as calças malucas da Noruega, o que chamou a atenção foi o estilo de cada equipe e as vassouras que portavam. Algumas equipes caíram nas graças do povo, como as comandadas de Jacqueline Harrison e seu jeito particular de jogar, além das viradas espetaculares em cima de algumas equipes.
Hard! Jacqueline Harrison de Ontario (Foto: Flickr)

Como não esquecer dos comandados de Randy Ferbey, apelidado de Ursinho Carinhoso devido às poses e sua simpatia, esperamos que venha em uma heartbeat nos visitar!

Boa sorte, Care Bear! (Foto: Cactus Pheasant Classic)

Com as vassouras estilosas e cor-de-rosa, Glenn Howard foi outro que caiu nas graças dos fãs brasileiros, quando se ficou conhecendo sua habilidade e seriedade nos jogos. O tom rosa nas vassouras e na equipe tem um motivo especial. Eles apoiam a pesquisa para a cura do câncer de mama no Canadá. Boa, Howard!

Careca mais brilhante que a de Koe? Glenn Howard e equipe (Foto: Site oficial)

Olha a boininha, que charme! Quem estava a usando era Jason Gunnlaugson, skip de sua equipe. A equipe não se classificou, mas que ficou um charme, isso ficou!


Além da vassoura verde exibida por Shawn Fowler, relatada em um dos posts, outras vassouras acabaram figurando, como as seguradas por um componente da equipe de Jeff Stoughton e por David Nedohin, fourth da equipe de Randy Ferbey. Na verdade, Stoughton e Fowler usaram vassouras que já foram usadas em tempos antigos do curling (se bem que a vassoura de piaçava ainda é usada para manutenção do gelo) e Nedohin usava um modelo patenteado, mas todos tinham a mesma função. Quem tem alguma dificuldade de segurar a vassoura ou tem problemas no joelho e tal, acaba usando estes modelos, pois ao usarem a vassoura eles podem ao invés de ter velocidade, freiar. O.O
 David Nedohin e seu "stabilizer" (Foto: Grand Slam of Curling)


 Vassoura de piaçava (Foto: Autor desconhecido, fornecida pela Jéssica no Orkut)

Bom, deu pra perceber que alguns times não usam os "equipamentos oficiais" do esporte, improvisando materiais ou adaptando-os de acordo com suas condições, e isso não é atitude de equipes que não participam de competições internacionais. Andy Kapp e seus companheiros alemães, por exemplo, não usam os sapatos especiais e sim tênis... Marcus Eggler também. Não é privilégio de países pobres ou ricos...

Andy Kapp e seus tênis (Fonte: Edinburgh International Curling Championship)
 -------

Enfim, ainda falta coisa pra falar, os musos e musas do curling ainda vão entrar em cena... Se vc quer ver um (a) em específico, chame nos comentários.
Sweeeeep!

2 comentários

  1. tetisu Says:
  2. Legal , tem bastante informação aí, coisa que não fazia idéia.Desde que vios tênis da Alemanha,fiquei intrigada, imagino que ele mandem fazer uma sola de teflon para eles. Há calçados para curling que eu chamaria de tênis: https://www.asham.com/store/shoes/tour_ultra_white_mens/ , mas não são como os da Alemanha.
    Já nas Olimpíadas era possível se ver tanto o apoio , quanto o modelo antigo . O Euan Byers da Grã Bretanha usou apoio e no time feminino do Canadá, se não me engano é a Carolyn Darbyshire usou o modelo de palha.

     
  3. Chou as Russas por favor até as da arquibancada do mundial misto da russia 2010

     

Postar um comentário